quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

CRBio 02 age e EPE retifica parcialmente edital

Nossa última publicação foi sobre o ofício enviado do CRBio 02 RJ/ES para a EPE em relação ao seu concurso nº01/2014. Clique aqui e veja a matéria.

Dia 03/02 saiu a confirmação para a retificação de parte do proposto como se pode ver clicando aqui.

Entenda o caso

O que se tinha antes?
Biólogos (Bacharéis) podiam concorrer somente para o cargo de Analista de Pesquisa Energética - Meio Ambiente/Ecologia.

O que foi pleiteado pelo CRBio 02?
Foi enviado ofício para a EPE, pleiteando a inclusão dos Biólogos nas áreas de meio ambiente em análises ambientais, em geoprocessamento/meio físico e em recursos hídricos, áreas que os Biólogos atuam normalmente, não sendo possível uma exclusão com razões plausíveis por parte da EPE, além da inclusão dos licenciados para o certame.

O que se tem até agora?
Agora, além do cargo de Analista de Pesquisa Energética - Meio Ambiente/Ecologia, podem concorrer também ao cargo de Analista de Pesquisa Energética - Meio Ambiente/Análises Ambientais.

O que não se conseguiu com o ofício?
Não tivemos retificação em relação aos cargos de geoprocessamento/meio físico e em recursos hídricos e nem a inclusão dos Licenciados.


Opinião do Blog

Nenhum órgão ou empresa é obrigado a mudar algo apenas com um ofício enviado, caso o fosse, temos certeza que os concursos seriam inviáveis, pois seriam tantas retificações que ninguém teria segurança nas informações assinaladas. Mas diante do ocorrido, já podemos dizer que um ofício é capaz de pelo menos reverem o mais óbvio do óbivio. Incluir os Biólogos na área de Análises Ambientais.

Sobre o caso dos licenciados: Mesmo entre os Biólogos impera uma descomunal falta de interesse e falta de noção sobre a legislação do próprio Biólogo. Licenciados e Bacharéis as vezes se atracam em redes sociais sem ao menos entenderem o que se passa. Mas o caso é que, se nem os Biólogos sabem da sua legislação, quem dirá alguém de fora.

As profissões regulamentadas não são todas iguais, e todas tem suas peculiaridades, e a nossa é a igualdade de licenciados e bacharéis com registro no CRBio serem Biólogos, mas colocar isso na cabeça de pessoas que só lidam com bacharéis é complicado. As vezes não é preconceito, é desconhecimento de causa, e ficamos imaginando a cara de espanto que a tentativa de inclusão de licenciados pode gerar, afinal o próprio MEC grita aos quatro ventos que o licenciado é formado para o magistério.


Vamos agora aguardar o desenrolar da história. 

Será que algum CRBio forçará pela via do poder judiciário?


Continuamos com nossa opinião anterior sobre os licenciados: 

"se não for retificado a tempo, ou o conselho obter uma resposta negativa do órgão, se inscreva mesmo assim, passe, e se na hora negarem a vaga, entre com uma ação judicial individual, pois há jurisprudência suficiente para ganhar essa causa, visto que a lei é claríssima em tratar como Biólogo o Bacharel e o Licenciado, sendo hoje a única diferença jurídica legal, a possibilidade da efetivação de licenciados em cargos de magistério até o nível médio e o bacharel não."

Fontes: CRBio 02 e Cesgranrio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário