sábado, 7 de outubro de 2017

Análises Clínicas Animal: grupo de biólogos é criado

Aconteceu na quarta-feira agora a criação do grupo de Análises Clínicas Animal, pelo WhatsApp.




Se você é estudante de biologia, biólogo, especialista ou pesquisador na área, entre no grupo para fazer contatos, network, participar das discussões sobre a regulamentação e estratégias para fortalecer o campo do biólogo na área.

O grupo é uma iniciativa de biólogos que acreditam na área como importante nicho de atuação no Brasil.

Só existem atualmente duas especializações que deixam biólogos frequentarem as aulas sobre análises clínicas animal. Uma delas é coordenada por uma ex-aluna da instituição que abriu o curso em São Paulo, com a ajuda do nosso blog e da Íris do blog Profissão: Bióloga.


Clique no link para entrar no grupo: https://chat.whatsapp.com/IyehdXSZb8D6aczCQ4C0J1


Ao entrar no grupo, se identifique!

Atualização


Entre as discussões, vamos falar da criação de uma sociedade científica!

Clique no link abaixo e contribua:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfTuepslno_XGKkiMnFdsqFy_oh8P1ZpXXsQ8F3R9LAXwf8QA/viewform

sábado, 23 de setembro de 2017

CAPES soltou as novas notas dos Mestrados e Doutorados

Resultado de imagem para capes

Para biólogos, seguir a carreira acadêmica é uma das possibilidades mais comuns que vemos por aí. Mas você tem ideia de qual mestrado fazer, por exemplo?

Sabia que os mestrados e doutorados tem notas? Elas variam de 1 a 7. As notas 6 e 7 são considerados os programas de pós-graduação de nível internacional e os melhores.



A CAPES avalia os programas sobre diferentes aspectos, como a formação dos professores/orientadores, publicações, internacionalização do grupo, parcerias e outras "cositas". Mesmo universidades de nome e peso podem ter mestrados considerados de baixo nível, e isso reflete, por exemplo, no número de bolsas disponibilizadas. 

Saiu a nova classificação das pós-graduações da CAPES. Menos de 200 programas tem a nota máxima, considerando milhares de mestrados e doutorados.

Fique esperto, tem programa de universidade que caiu muito esse ano, de 7 para 5. E faço um apontamento para a Biologia Vegetal da UNICAMP e Botânica da USP, ambos agora com a nota máxima. Legal, não é mesmo?

Saiu uma análise legal do assunto no site G1 e você pode ver no link abaixo:


Se quiser a fonte oficial, clique no link abaixo:

domingo, 10 de setembro de 2017

CFBio quer registrar Ecólogos, Biotecnólogos e Oceanógrafos


O Sistema CFBio/CRBios está estudando maneiras de poderem registrar os profissionais que se graduaram em Ecologia, Biotecnologia e Oceanografia.

Para quem não sabe, essas graduações já existem há muitos anos. Os oceanógrafos já possuem regulamentação, os biotecnólogos ou biotecnologistas estão brigando na câmara de deputados para isso e os ecólogos, apesar de mais antigos, nunca conseguiram força política para tal feito. O que resta saber é se os biotecnólogos irão aceitar se registrar no CRBio depois de terem provado o gosto da militância política. Estamos de olho, Liga Nacional dos Acadêmicos de Biotecnologia (https://www.facebook.com/LiNAbiotec/).

A legislação que criou os Conselhos de Biologia não prevê o registro de outras profissões. Só podem se registrar no CRBio os formados em história natural, ciências biológicas (biologia) ou ciências com habilitação em biologia.

Os CRBios estudaram as grades curriculares desses e outros cursos e levaram ao CFBio. Agora, com a possibilidade de alteração da legislação do Biólogo através do Senador Pedro Chaves dos Santos Filho (MS), essa questão pode ganhar a força necessária. O senador acatando a posição do CFBio, poderá ser o início de uma nova era para o sistema CFBio/CRBios.

Como o Senador se interessou pela causa dos Biólogos?

Quem acompanha este blog sabe que divulgamos ano passado uma proposta de nova legislação para o Biólogo. Apesar de não ter se conseguido alcançar nem 10% das assinaturas necessárias para a discussão no senado do possível projeto, o Senador Pedro se sensibilizou e vamos torcer com todas as nossas forças para que o CFBio ajude o projeto a se tornar uma nova realidade.

Veja:
http://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=61814

http://www.biologiaprofissional.com.br/2016/10/urgente-e-cidadania-do-senado-proposta.html

http://www.biologiaprofissional.com.br/2016/10/projeto-da-nova-lei-do-biologo-ja-e-top.html

sábado, 19 de agosto de 2017

Sistema CFBio/CRBios discute atualização do CBO do Biólogo

Resultado de imagem para carteira de trabalho
Em notícia publicada no site do CRBio 03 (RS-SC) sobre um Grupo de Trabalho criado, consta a informação sobre a necessidade do envio de sugestões ao CFBio sobre a atualização do CBO do Biólogo.

Para quem não sabe, o CBO - Código Brasileiro de Ocupações, é o que consta na sua carteira de trabalho quando você é contratado como Biólogo.

Nesse código constam as informações básicas das áreas de atuação do profissional, apesar de ser um geral, não necessariamente somente isso.

As profissões de Biomédico e Farmacêutico tiveram seus CBOs atualizados e ficaram muito bem elaboradas, principalmente o de Farmacêutico.

Muitos dos concursos do Brasil se baseiam no CBO para as atribuições em editais, sendo extremamente necessária essa atualização, além de indicar para empregadores que profissional faz o que eles procuram.

Fonte: CRBio 03 e MTE/CBO.