quinta-feira, 23 de junho de 2016

CFBio cria grupo para a Perfusão - Circulação Extracorpórea


O Conselho Federal de Biologia criou um grupo de trabalho para estudar a regulamentação da Circulação Extracorpórea ou Perfusão para os Biólogos, de acordo com uma nota divulgada no site do CRBio 04, clique aqui e veja.

Para quem acompanha este blog, sabe que publicamos ano passado uma reportagem da série É coisa de Biólogo sobre essa área de atuação, já abraçada por colegas há décadas.

A perfusão é muito aplicada, trabalhando em ambiente cirúrgico juntamente com médicos e enfermeiros, além de ser necessário conhecimentos em hematologia, bioquímica e fisiologia específicos da área humana. A especialização no assunto é necessária tanto pelas necessidades teóricas e práticas, como é exigência geral do mercado.

Recentemente a área foi regulamentada pelo Conselho Federal de Farmácia para os farmacêuticos, há anos já é regulamentada pelo Conselho Federal de Biomedicina para os biomédicos e muitas outras profissões da saúde também atuam.


quinta-feira, 2 de junho de 2016

Programa de Aprimoramento Profissional no Zoo de SP


Desde 1958 a Fundação Parque Zoológico de São Paulo proporciona entretenimento, desenvolve pesquisas e trabalha para a conservação das espécies mantidas em cativeiro, além de despertar a consciência ambiental da população por intermédio de suas três unidades: Zoológico, Zoo Safári e a Divisão de Produção Rural.

Inserido no PEFI – Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, um dos mais importantes segmentos remanescentes de Mata Atlântica da cidade de São Paulo, o Zoológico e o Zoo Safári acolhem algumas das nascentes do riacho do Ipiranga e abrigam dezenas de espécies da fauna nativa.

Vinculado à Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, o Zoo recebeu, desde sua abertura, mais de 85 milhões de visitantes, atendendo por ano um público de mais de 1 milhão e 600 mil pessoas.



Vagas

Biologia de Animais Silvestres (03 vagas)
Educação para Conservação (02 vagas)
Enriquecimento Comportamental e Ambiental de Animais Silvestres (03 vagas)
Sistema de Gestão Ambiental e da Qualidade em Zoológicos (01 vaga)
Operação, Controle e Monitoramento Ambiental em Zoológicos (01 vaga)
Medicina Veterinária de Animais Silvestres (02 vagas)
Educação Ambiental e Gestão Integrada aplicadas a Produção Rural – DPR (01 vaga)
Biologia Molecular e Microbiologia Aplicada (01 vaga)
Reprodução Assistida e Biotecnologia (01 vaga)
Análises Clínicas (01 vaga)


Requisitos e perfil desejado (formação):

  • Biologia de Animais Silvestres: Biologia
  • Educação para Conservação: Pedagogia, Biologia, Medicina Veterinária, Zootecnia e outros profissionais de áreas compatíveis com as atividades programadas.
  • Enriquecimento Comportamental e Ambiental de Animais Silvestres: Biologia, Medicina Veterinária e outros profissionais de áreas compatíveis com as atividades programadas.
  • Sistema de Gestão Ambiental e da Qualidade em Zoológicos: Engenharia Ambiental, Gestão Ambiental, Administração de Empresas e outros profissionais de áreas compatíveis com as atividades programadas.
  • Operação, Controle e Monitoramento Ambiental em Zoológicos: Engenharia Ambiental, Biologia, Engenharia Química, Gestão Ambiental e outros profissionais de áreas compatíveis com as atividades programadas.
  • Medicina Veterinária de Animais Silvestres: Medicina Veterinária.
  • Educação Ambiental e Gestão Integrada aplicadas a Produção Rural – DPR: Agronomia, Biologia, Bacharelado em Gestão Ambiental e outros profissionais de áreas compatíveis com as atividades programadas.
  • Biologia Molecular e Microbiologia Aplicada: Biologia, Biomedicina, Medicina Veterinária.
  • Reprodução Assistida e Biotecnologia: Biologia, Biomedicina, Medicina Veterinária.
  • Análises Clínicas: Biologia, Biomedicina, Medicina Veterinária.

Interessados que se encaixem no perfil acima devem:


Baixar a ficha de inscrição e preencher, digitando seus dados e a modalidade escolhida.
Realizar o pagamento da taxa de inscrição por meio de depósito bancário em favor da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, conforme dados abaixo (não será gerado boleto bancário).


Anexar o comprovante de depósito no espaço reservado na ficha de inscrição.

Enviar para o e-mail jmaximo@sp.gov.br, a ficha de inscrição preenchida com o comprovante de depósito bancário.

Se no prazo de dois (2) dias úteis não houver a confirmação, por e-mail, do recebimento de sua inscrição, entrar em contato pelo telefone (11) 5073-0811 ramal 2128.


Dados para depósito bancário:
Depósito Bancário a favor de Fundação Parque Zoológico de São Paulo
CNPJ 60.889.573/0001-40
Banco do Brasil – Banco 001
Agência 5958-7
C/C 130326-0
Taxa de inscrição: R$ 80,00
ATENÇÃO: Prazo para a inscrição e depósito bancário – 14 de junho de 2016.

*** I – PROCESSO SELETIVO E ÁREAS DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL A. Condições do Processo Seletivo: 1) Dos objetivos e das finalidades do PAP – Regulamento PAP – Capítulos I e II. 2) Do Processo de Seleção dos Aprimorandos - Regulamento PAP – Capítulo VII:

  1. Prova escrita de múltipla escolha e/ou dissertativa. 
  2. Curriculum Vitae documentado. 
  3. Prova prática e entrevista.


Leiam os editais para as informações completas!

sábado, 9 de janeiro de 2016

Como um Biólogo se torna um Paleontólogo?

Fonte: i.imgur.com/

Se for para tentar lembrar quando vi um dinossauro pela primeira vez na TV, não conseguirei dizer exatamente! Só sei que a primeira vez que vi, foi na primeira metade da década de 90! 

A famosa fita que meu pai trouxe da locadora de vídeos foi algo diferente, pois ele a trouxe sem mim, ou seja, por livre vontade! Estava lá eu vendo descrente um filme que não fazia ideia do que se tratava, mas achei interessante a capa ser preta e não lisa. Os "ossinhos" eram mais altos!

A minha cara de espanto foi a mesma dos atores quando o "braquiossauro" aparece para dar umas beliscadas no que me parece ser um eucalipto.

Fonte: apaisana.com

Críticas ao filme por inverdades científicas? Existem bastantes, mas pelo menos para mim, foi a faísca que acendeu minha vontade pela pesquisa em Paleontologia, e eu nem sequer conhecia a Biologia.





O que é a Paleontologia?

Paleontologia é o estudo da História da Terra, com base nos registros fósseis. Por sua vez fósseis são restos, evidências ou vestígios de organismos (fungos, bactérias, outros organismos unicelulares protistas, vegetais, animais invertebrados e vertebrados), que viveram no passado geológico e estão preservados nas rochas sedimentares. 

Fonte: http://www.rc.unesp.br/museupaleonto/paleonto.htm

Apesar de muitos pensarem que Paleontólogos são sistematas/taxonomistas de seres extintos, vimos que o conceito e área é mais abrangente.


Quem pode seguir carreira nessa área?

Diferente de alguns países que possuem uma graduação em Paleontologia, no Brasil consegue-se tornar um Paleontólogo através da pós-graduação, especialmente nos mestrados e doutorados. A grande maioria dos Paleontólogos são graduados em Ciências Biológicas ou em Geologia, pois ambas tem preparo parcial para a área. Podemos encontrar pessoas formadas em geografia, ecologia e até história na área.

É importante destacar que para um Biólogo ir para a paleontologia, o estudo das geociências são indispensáveis, além de evolução.

Não há regulamentação específica para essa profissão, ou seja, é uma especialidade do Biólogo no Brasil e regulamentada pelo CFBio.

Quais são as áreas da Paleontologia?

A mais famosa com certeza é a Paleontologia de Vertebrados, ou seja, a que cuida dos dinossauros, mamíferos e outros. Não podia ser diferente, já que é a mais explorada pela academia e mídias. Quase todo mundo descobre a área por causa de filmes ou documentários bem feitos.

Mas existem outras áreas como: 
  • Paleontologia / Paleobiologia de Invertebrados, que constitui o estudo dos fósseis de animais sem coluna vertebral diferenciada;
  • Micropaleontologia, que estuda os fósseis de organismos unicelulares, ou observáveis apenas com o auxílio de estereomicroscópios ou microscópios;
  • Paleobotânica, que investiga os macrofósseis vegetais;
  • Paleoecologia, que estuda os ecossistemas antigos;
  • Bioestratigrafia, que trata da distribuição dos fósseis nas camadas de rochas sedimentares;
  • Tafonomia, que estuda como são formados e preservados os fósseis nas rochas sedimentares.

Onde estão os cursos na área?

Você pode encontrar cursos livres por aí, até especializações, mas são nos mestrados e doutorados que você pode ficar bom mesmo na área.

Vou destacar 2 lugares que pesquisei bastante. A Paleontologia ainda é pouca explorada em nosso "pequeno" país, por isso acabamos por ter que entrar em uma pós que não tem um foco na paleontologia, ou seja, são linhas de pesquisa dentro de outras grandes áreas como a zoologia ou geociências, com uma exceção.

Veja abaixo dois exemplos:
  • Mestrado em PATRIMÔNIO GEOPALEONTOLÓGICO
Onde fica? Museu Nacional do Rio de Janeiro, Departamento de Geologia e Paleontologia, UFRJ.

Diferencial? É o único mestrado efetivamente voltado para Paleontologia no Brasil.


  • Mestrado em Sistemática, Taxonomia Animal e Biodiversidade
Onde fica? Museu de Zoologia da USP, Universidade de São Paulo.

Diferencial? É um programa exclusivo para a área animal. Há linhas de pesquisa em Paleontologia.










Existem muitos outros lugares no Brasil que podem ter linhas de pesquisa na área, e você pode conseguir ver no link http://www.sbpbrasil.org/pt/onde-estudar.


Veja também o documentário o Brasil da Pré-História clicando aqui. Conheci um dos diretores e para o Brasil, é um tipo de material muito bom, pois se precisa de muito dinheiro para fazer!


sábado, 2 de janeiro de 2016

Capacitação em Hematologia Animal para Laboratório Clínico - Fevereiro/2016


O curso ocorrerá na cidade de São Paulo/SP, na região da Avenida Paulista/Jardins. Se inscreva também na Especialização em Análises Clínicas Animal, a única que aceita Biólogos e outros profissionais da área de laboratório no Estado de São Paulo! Clique aqui e saiba mais!


Faça sua matrícula!


marketing@ipessp.edu.br